Resenha- O Diário de Lilat- Claudemir de Oliveira

Oi gente, 

O Diário de Litat

hoje vou falar para vocês sobre uma história envolvente e bastante cativante sobre a disputa eterna entre o bem e o mal e seus representantes na terra, e tudo isso lemos em O Diário de Lilat do autor brasileiro Claudemir de Oliveira.

Um dia o Deus do bem, Rum, veio a terra buscar um servo que não teria a opção de recusar e nesse dia encontrou um amor tão puro entre um homem e uma mulher que disse que levaria um deles, e a representante dele agora seria Qeb. A partir desse momento, o amor de Bnus por Qeb se transformou em odio de Bnus por Rum. E graças a essa obscuridade o mal tomou conta de Bnus,o transformando em seu servo, Nusvab.

"A DOR PASSA MAS AS LEMBRANÇAS SÃO PARA SEMPRE."



Do que vale a pena viver eternamente se é para ser inimigo do amor da sua vida. Viver em constante guerra com aquela pessoa que um dia você trocou juras de amor. Com o decorrer dessa história vemos a descendência dessa união, e o neto será Lilat, uma pessoa que acima de tudo está destinada a defender o bem e não esquecer da guerra que ocorreu a séculos atrás.

"NÃO SACRIFIQUE O PRESENTE PELA INCERTEZA DO FUTURO."

Eu gostei desse livro, possui uma leitura rápida e tranquila. Além de um deus do bem e do mal também há um Deus supremo para não haver muita bagunça.O romance é bem desenvolvido, e o livro foi bem escrito. Entretanto, achei que o final ficou meio inconclusivo e que foi adiado demais enquanto acho que poderia ter sido encerrado na primeira luta com o filho de Nusbva. Achei que ficou meio enrolado depois ao citar os monumentos históricos e lugares marcantes.Mas em geral é um livro que eu leria de novo.


Nota:

Comentários

Anônimo disse…
Muito bom *-* quero ler

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - Quatro Estações - Juliana Marinho

Resenha - Alice no Pais do Amor - Lucilla Guede - Chiado Editora.

Resenha - Confissões de Uma Garota Excluída, Mal-Amada e (Um Pouco) Dramática - Thalita Rebouças