Resenha - Essa Constante Impermanência - Eduardo Merçon

Oi gente,


hoje é com grande prazer  que venho falar de mais um parceiro, dessa vez um poeta, e um poeta bem qualificado...

O livro Essa Constante Impermanência do Eduardo Merçon nós vemos de forma bem ritmada comentários e anotações sobre o cotitidiano, sobre os sentidos, sobre o amor, sobre a vida e sobre o mundo.


Bem dividido e contendo cerca de 108 páginas de pura poesia e crônicas uma vez ou outra, Eduardo nos leva a mergulhar no nosso próprio universo através dos pensamentos dele. Um fuga que produziu esse livro. 

Alguns poemas não são tão simples, mas todos possuem um forte significado, sempre melódico e com referências a grandes nomes, até mesmo Van Gogh.

Bem, essa é minha critica, deixou para você alguns trechos de dois dos meu poemas preferidos desse livro. Deliciem-se.


Nota: 4




Comentários

Hemilly Sara disse…
EU AMO POESIA!
E esse poeta tem exatamente o estilo que eu gosto!
Ah, te indiquei para uma tag lá no blog, beijinhos ^^
http://respiralivros.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - Quatro Estações - Juliana Marinho

Resenha - Alice no Pais do Amor - Lucilla Guede - Chiado Editora.

Resenha - Confissões de Uma Garota Excluída, Mal-Amada e (Um Pouco) Dramática - Thalita Rebouças