Resenha - Artífices da Vontade - Igor Feijó

Oi geente,

               
                Finalmente Igor (rsrs) Feijó, aqui está a resenha de Artífices da Vontade.


                Marco, um escritor promissor foi chamado por um estranho empregador para realizar um trabalho, entretanto está inspiração e sai para dar uma volta, quando acorda depois de um sonho estranho sua obra havia sido iniciada, com sua letra mas em uma língua por ele desconhecida. O que isso significa? Essa foi sua pergunta para seu amigo Rafael que lhe apresentada a verdade pouco conhecida pelos humanos, Marco é um Liberto, um dos poucos restante e seus poderes poderão definir o futuro do mundo como conhecemos. Aliado com novos conhecidos no decorrer do livro crescemos junto com Marco a descobrir cada segredo da magia, e também os seus perigos. Marco deve se preparar para o pior e enfrentar a sua escuridão.




 O livro é para aqueles que adoram uma boa ficção, que gostam de viver numa fantasia que pode até estar acontecendo em paralelo com a nossa realidade. Tem um trabalho de diagramação lindo interno feito pela Editora Draco com cada símbolo de intensos significados. A leitura não é tão levinha, e as vezes enrola um pouco por demais no meu ver  e exige um pouco mais de concentração a aprender cada nome novo no livro, não so dos personagens mas dos feitiços, magias, mundos e por ai vai, mas nada que impacte no prejuízo da leitura.


                Espero que tenham curtido, até a próxima.


                 Nota: 4

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - Quatro Estações - Juliana Marinho

Resenha - Alice no Pais do Amor - Lucilla Guede - Chiado Editora.

Resenha - Confissões de Uma Garota Excluída, Mal-Amada e (Um Pouco) Dramática - Thalita Rebouças